Você está pesquisando por News?
+55 11 2193-2960
+55 11 94788-8015
Busca em Cidade Pt:Recife (1 - 6 de 112)
Exibição:
Thumb pequena
  • Thumb pequena
  • Thumb média
  • Thumb grande
Autorizações
  • Autorizações
  • Com Model Release
  • Sem Model Release
20 fotos por página
  • 20 fotos por página
  • 40 fotos por página
  • 80 fotos por página





Carregando...
Microcefalia no Recife

Miriam Pereira e Cleane Stephanie ...
Data da imagem: 26/11/2016
Cod. da imagem: 1238319
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Miriam Pereira e Cleane Stephanie posam

Data da imagem: 26/11/2016

Cod. da imagem: 1238319

Miriam Pereira e Cleane Stephanie posam

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Convidados posam para foto com Maria ...
Data da imagem: 26/11/2016
Cod. da imagem: 1238328
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Convidados posam para foto com Maria Edu

Data da imagem: 26/11/2016

Cod. da imagem: 1238328

Convidados posam para foto com Maria Edu

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Miriam Pereira e Cleane Stephanie no ...
Data da imagem: 24/11/2016
Cod. da imagem: 1238327
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Miriam Pereira e Cleane Stephanie no ôni

Data da imagem: 24/11/2016

Cod. da imagem: 1238327

Miriam Pereira e Cleane Stephanie no ôni

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Miriam Pereira e Cleane Stephanie ...
Data da imagem: 24/11/2016
Cod. da imagem: 1238326
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Miriam Pereira e Cleane Stephanie durant

Data da imagem: 24/11/2016

Cod. da imagem: 1238326

Miriam Pereira e Cleane Stephanie durant

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Miriam Pereira alimenta a pequena ...
Data da imagem: 24/11/2016
Cod. da imagem: 1238325
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Miriam Pereira alimenta a pequena Maria

Data da imagem: 24/11/2016

Cod. da imagem: 1238325

Miriam Pereira alimenta a pequena Maria

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Cleane Stephanie dando o banho de ...
Data da imagem: 08/10/2016
Cod. da imagem: 1238324
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Cleane Stephanie dando o banho de Maria

Data da imagem: 08/10/2016

Cod. da imagem: 1238324

Cleane Stephanie dando o banho de Maria

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Mesmo depois de deixar o hospital, ...
Data da imagem: 08/10/2016
Cod. da imagem: 1238323
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Mesmo depois de deixar o hospital, Maria

Data da imagem: 08/10/2016

Cod. da imagem: 1238323

Mesmo depois de deixar o hospital, Maria

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Mesmo depois de deixar o hospital, ...
Data da imagem: 30/08/2016
Cod. da imagem: 1238322
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Mesmo depois de deixar o hospital, Maria

Data da imagem: 30/08/2016

Cod. da imagem: 1238322

Mesmo depois de deixar o hospital, Maria

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Maria Eduarda respirando com ajuda de ...
Data da imagem: 28/04/2016
Cod. da imagem: 1238320
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Maria Eduarda respirando com ajuda de ap

Data da imagem: 28/04/2016

Cod. da imagem: 1238320

Maria Eduarda respirando com ajuda de ap

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Microcefalia no Recife

Maria Eduarda esteve internada durante ...
Data da imagem: 27/04/2016
Cod. da imagem: 1238321
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Maria Eduarda esteve internada durante t

Data da imagem: 27/04/2016

Cod. da imagem: 1238321

Maria Eduarda esteve internada durante t

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

As imagens dessa pauta não podem ser licenciadas separadamente.

Maria Eduarda nasceu no dia 22/11/2015 de 2015, em Olinda, nordeste do Brasil. Sua mãe biológica deu à luz a dez filhos, sendo que nove foram abandonados. Com Maria Eduarda não foi diferente, sobretudo quando recebeu o diagnóstico de microcefalia e os médicos disseram que ela não viveria mais de três meses, sendo considerado um dos casos mais delicados da recente epidemia causada pelo Zika Vírus.


COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Terror em comunidade do Recife

Data da imagem: 06/11/2015
Cod. da imagem: 1025429
Crédito: Fotoarena/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 06/11/2015

Cod. da imagem: 1025429

Crédito: Fotoarena/ Fotoarena

20152809_TEXTO REFERENTE A PAUTA 33220_TERROR EM COMUNIDADE DO RECIFE

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 06/11/2015
Cod. da imagem: 1025424
Crédito: Fotoarena/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 06/11/2015

Cod. da imagem: 1025424

Crédito: Fotoarena/ Fotoarena

20151020_TEXTO REFERENTE A PAUTA 33536_CRIMEAMBIENTALEMFAVELADORECIFE

COLEÇÃO PREMIUM
Criativa RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 22/10/2015
Cod. da imagem: 1019228
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 22/10/2015

Cod. da imagem: 1019228

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 22.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Criança, com camisa da escola pública do Recife (PE), rema no rio Capibaribe, em direção a comunidade do Bueiro, onde existe contaminação dos viveiros de peixes da região. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 22/10/2015
Cod. da imagem: 1019227
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 22/10/2015

Cod. da imagem: 1019227

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 22.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Fábrica de sabão ASA ao lado da comunidade carente conhecida pelo nome de Bueiro no Recife (PE). (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 22/10/2015
Cod. da imagem: 1019226
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 22/10/2015

Cod. da imagem: 1019226

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 22.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Criança pesca em águas contaminadas da favela do Bueiro, no Recife (PE). Ao fundo é possível ver a fábrica de sabão ASA. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 21/10/2015
Cod. da imagem: 1019225
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 21/10/2015

Cod. da imagem: 1019225

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 21.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Muitas famílias da comunidade do Bueiro, como a de Djanira, vão até a praia pescar sururu e regressam para cozinhar, lavar e separar com a água do rio Capibaribe da comunidade, só depois vender nas feiras e mercados. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 21/10/2015
Cod. da imagem: 1019224
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 21/10/2015

Cod. da imagem: 1019224

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 21.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Muitas famílias da comunidade do Bueiro vão até a praia pescar sururu e regressam para cozinhar, lavar e separar com a água do rio Capibaribe da comunidade, só depois vender nas feiras e mercados. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 21/10/2015
Cod. da imagem: 1019223
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 21/10/2015

Cod. da imagem: 1019223

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 22.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Família trabalhando com frutos do mar na margem do Rio Capibaribe, na comunidade do Bueiro, dizem que a fábrica de sabão ASA mata os peixes do rio dificultando a sobrevivência e a fonte de renda das famílias. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 21/10/2015
Cod. da imagem: 1019222
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 21/10/2015

Cod. da imagem: 1019222

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 21.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Moradores da comunidade do Bueiro afirmam que a fábrica de sabão ASA joga resíduos químicos no rio Capibaribe causando a morte de peixes. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
Crime ambiental em favela do Recife

Data da imagem: 21/10/2015
Cod. da imagem: 1019215
Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

COLEÇÃO PREMIUM
Direito Controlado


Data da imagem: 21/10/2015

Cod. da imagem: 1019215

Crédito: Diego Herculano/ Fotoarena

RECIFE, PE - 21.10.2015: CRIME AMBIENTAL EM FAVELA DO RECIFE - Moradores da comunidade do Bueiro afirmam que a fábrica de sabão ASA joga resíduos químicos no rio Capibaribe causando a morte de peixes. (Foto: Diego Herculano / Fotoarena)

COLEÇÃO PREMIUM
Editorial RM
 
 
  < Anterior
 
HOME    |    ENTRE EM CONTATO    |    TERMO DE USO       

COPYRIGHT 2008-2018 FOTOARENA. PROIBIDA A CÓPIA OU REPRODUÇÃO SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA..